in

Cães matam gestante e bebê e os detalhes são para quem estômago forte

Elisa Pilarski, 29 anos, gestante de 6 meses, foi passear com seus 5 cães em na floresta de Renz que fica próxima a  sua casa, perto da cidade de Villers-Cotterêts a 80km de Paris, da capital da França e acabou morta.

Segundo Christophe, namorado de Elisa, contou que pouco antes de ser atacada, ela ligou para ele dizendo que estava com medo de ser atacada por uma matilha de cães, e que estava havendo uma caçada no local.

“Procurei por ela, vi o (carro) 4×4, caminhei em direção a um barranco, mas cerca de 30 cães chegaram e fui embora”, disse Christophe à emissora francesa BFMTV. Ele acrescentou que Pilarski parecia coberta de mordidas e algumas roupas foram arrancadas.

O homem então pediu ajuda de um vizinho e eles chamaram a polícia, mas ela já estava morta.

Angela Van Den Berghe, uma mulher que participava da caçada confirmou que o evento estava ocorrendo, mas disse ao site de notícias francês L’Union que “até onde sabemos, o trágico acidente que ocorreu não tem relação nem com os nossos cães, nem com a caçada”.

Agora as autoridades dizem que haviam cerca de 98 cães no local, contando com os 5 de Elisa, e que todos serão analisados e os fatos investigados para determinar quais animais foram responsáveis pela morte da mulher e punir possíveis donos.

A família não acredita que os animais da família tenham sido responsáveis pela morte.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Cordão umbilical pode ser usado para reparar fissuras labiais, diz estudo

Gugu Liberato morre aos 60 anos