Menino luta pela vida após contrair herpes por beijo de parente

O risco de uma criança contrair um vírus é o principal motivo do alerta que médicos pediatras fazem aos pais, por isso é muito importante estar com a carteirinha de vacinação em dia, é uma questão de vida.

Não se pode dizer que a crianças estará protegida contra todos os tipos de vírus e bactérias, mas com certeza, uma vez imunizados, não terão o risco de ter as doenças das quais tenham sido imunizados. Porém é preciso entender que, os bebês nascem sem condições de defesa para muitas doenças, por esse motivo os pais têm tanto cuidado com os filhos na primeira fase da vida e quando ainda são muito pequenos.

O menino Baylie-Grey teve toda a proteção da mãe, Hayley Etheridge, mas isso não o livrou de um parente que, ao beijá-lo transferiu o vírus do herpes. Ele está internado e pode ficar cego, além de estar com feridas por todo o corpo.

Quando as feridas começaram a surgir, a mãe ficou preocupada e levou o filho para consulta no hospital Manchester General Hospital, em Manchester na Inglaterra, onde Hayley soube e ficou chocada ao ouvir do médico, que seu menino estava com herpes.

A transferência do vírus que o parente passou, segundo os médicos provavelmente foi de uma do herpes labial.

Em entrevista jornal Manchester Evening News, a mãe de Baylie-Grey; “Eu fiquei chocada quando soube que era o vírus do herpes labial. O médico ainda me explicou que se o vírus fosse para os olhos dele, meu filho poderia ficar cega. Eu chorei demais com essa notícia”.

Com o tratamento o menino conseguiu se recuperar, a decisão da mãe de levar o menino nas primeiras horas que viu as feridas no corpo foi fundamental para iniciar o tratamento antes que o quadro fosse agravado.

A mãe está alertando outros pais nas redes sociais, para evitar que os filhos passem por isso.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marcel Mattos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Famosa dá à luz seu bebê no closet de casa por acidente: “chocada”

Recém-nascida de apenas 1 mês morre após sofrer abuso