Mulher quase perde a perna depois de três dias usando hidromassagem

Taylor Bryant, de 26 anos, é uma norte-americana que virou notícia, depois que teve um problema sério durante suas férias.

Ao usar a banheira de hidromassagem por 3 dias consecutivos, a mulher notou uma pequena erupção em sua perna, por causa do desconforto que aquilo causou ela procurou um médico.

Mas mesmo com os antibióticos orais que foram receitados, o problema só se agravava, e então ela descobriu que havia contraído,  a bactéria Pseudomonas, causadora de infecção conhecida como foliculite.

A foliculíte geralmente não é grave e se cura sozinha,se apresenta de forma superficial, mas no caso dela, poucos dias depois ela já quase não conseguia andar, ela e o marido estava apavorados, pelo alastramento da infecção.

“Meu marido perguntou: ‘Vamos ser capazes de lutar contra isso? Estamos falando de amputação?”, lembrou a mulher ao ser entrevistada pelo portal estrangeiro WRTV.

Os médicos do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, explicaram que o risco de pegar infecções em piscinas quentes e banheiras de hidromassagem é mais alto justamente pela temperatura elevada da água, que pode fazer com que desinfetantes, como o cloro, se desintegrem mais rapidamente e não atuem o suficiente.

Taylor precisou fazer um tratamento de 10 dias de antibióticos orais e alguns injetáveis, e conseguiu acabar com a infecção, mas fica o alerta para cuidados com esse tipo de problema.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marcel Mattos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Estudante leva placa com a imagem da mãe em tamanho real para formatura

Mãe é presa por não denunciar marido que estuprou os quatro filhos